Icônico repórter da TNT e lenda do jornalismo esportivo norte-americano, Craig Sager faleceu nesta quinta-feira (15), aos 65 anos, após uma longa e corajosa uta contra um tipo agressivo de leucemia, que já vinha desde 2014.



Conhecido pelo estilo espalhafatoso na beira da quadra e querido por todos na NBA, Sager encarou diversos tipos de processos com células-tronco, dois transplantes de medula do próprio filho e até métodos experimentais para enfrentar a situação. O tratamento o afastou das quadras por quase um ano, mas havia surtido efeito com a doença entrando em remissão no último ano, dando-lhe chance de seguir adiante com a carreira.

No retorno ao trabalho, em 2015, ele recebeu grandes homenagens de jogadores e técnicos. O monossilábico Greg Popovich, treinador do San Antonio Spurs, foi um que quebrou o protocolo e elogiou a força demonstrada por Craig. Stephen Curry e Russell Westbrook também demonstraram respeito ao vivo.

Após voltar a lutar contra a leucemia, foi homenageado nas finais da NBA da última temporada, sendo convidado pela ESPN, concorrente da TNT, para trabalhar ao lado de Doris Burke em sua primeira partida decisiva do melhor basquete do mundo.

Sager garantia que enquanto pudesse trabalhar, seguiria adiante.
Axact

Axact

Vestibulum bibendum felis sit amet dolor auctor molestie. In dignissim eget nibh id dapibus. Fusce et suscipit orci. Aliquam sit amet urna lorem. Duis eu imperdiet nunc, non imperdiet libero.

Post A Comment: